Hora de subir a montanha!

Ativadores são todos aqueles radioamadores que sobem as montanhas para operar suas estações portáteis lá de cima. Posto desta forma, pode até parecer simplório, mas se é verdade que (na grande maioria das vezes) uma ativação normalmente não é nenhum bicho de sete cabeças, todas elas requerem um certo grau de planejamento independente da dificuldade das trilhas ou escaladas que levam ao cume da montanha.

Preparamos um passo-a-passo bem resumido para te auxiliar em suas primeiras ativações.

Dicas de como realizar uma Ativação

1. Escolher o Pico

Se você está pensando em fazer uma ativação, o primeiro passo a dar é escolher um pico para subir. No SOTA existem centenas de milhares de montanhas catalogadas. E aqui no Brasil já são quase 10 mil! Talvez você conheça algum morro perto de casa ou alguma serra que você já subiu. Recomendamos que esses sejam os primeiros picos que você experimente ativar, pois provavelmente já conhece a trilha ou já sabe exatamente a melhor época para subir (fuja das chuvas!). Dessa forma, você poderá se concentrar mais na parte técnica do rádio do que com a expedição em si. Em pouco tempo você vai querer encarar novos desafios e subir outras montanhas. Parabéns, você foi contaminado pelo vírus do SOTA! :-)

Atualmente, a melhor forma de se encontrar um pico para ativar é através do SOTLAS. Nesse site você pode ver todos as montanhas válidas não apenas no Brasil, mas no mundo inteiro! No SOTLAS os pontos coloridos representam as montanhas. As marcadas com pontos verdes são mais baixas e à medida que vão ficando mais altas as cores vão mudando para amarelo, laranja e vermelho. Clique em cima de um desses pontos e uma janela se abre com algumas informações sobre a montanha tais como altitude, pontuação, número de ativações já efetuadas, etc. Agora clique no botão "More" e você será direcionado para uma página com ainda mais informações sobre a montanha como coordenadas geográficas, grid locator e estatísticas sobre as ativações já realizadas. Basta recolher essas informações e traçar o curso rumo à montanha!

Outras possibilidades de se escolher o morro a subir são através dos sites SOTA Summits, SOTA Mapping Project e Google Earth. Essas possibilidades, entretanto, serão discutidas em outra ocasião.

2. Fazer o Alerta de Ativação

O sucesso da ativação também está intrinsecamente relacionado a uma boa divulgação. Portanto, depois de escolher a data e o período de tempo em que será feita a ativação (início e fim da operação de rádio no alto do morro), você deve divulgar tais dados no SOTAwatch3. Nesse site, você estará divulgando sua ativação para radioamadores do mundo inteiro! Já para uma divulgação mais local, além do SOTAwatch3 pode-se pensar em alertas nos grupos de radioamadorismo no Whatsapp, por exemplo. O SOTA Brasil, aliás, possui um grupo de Whatsapp bem movimentado. Se você deseja fazer parte de nosso grupo, entre em contato conosco.

Para inserir um alerta no SOTAwatch3 você deve primeiramente se cadastrar no site. Após o cadastro você poderá fazer seu primeiro login e, finalmente, inserir o seu alerta. Clique aqui para ver como fazer o seu cadastro nos sites essenciais do SOTA.

3. A Operação no alto da Montanha

Em breve disponibilizaremos muito mais informações sobre a operação no alto da montanha propriamente dito. Enquanto isso assista em nossa TV SOTA Brasil a algumas ativações já realizadas.

4. Enviar o Log

Após momentos inesquecíveis no topo da montanha em contato com a natureza e inúmeros contatos via rádio você não pode esquecer de enviar o seu log para o SOTA Data, o banco de dados mundial dos QSOs efetuados por todos os participantes do programa. Ao inserir o seu log no sistema você passará a participar automaticamente do Ranking de Ativadores e poderá adquirir diversos diplomas e troféus na medida em que for acumulando pontos a cada ativação.

Clique aqui para ver um vídeo sobre como enviar o seu log de ativação para o SOTA Data.

Anterior Próximo

Ativadores